Perspectivas 2022/3: Antonio Maurício Dias

O que o novo ano reserva para indústria de eventos no Brasil; Com o fim de 2021, é hora de olhar pra frente. O que será de 2022?

O que o novo ano reserva para indústria de eventos no Brasil; Com o fim de 2021, é hora de olhar pra frente. O que será de 2022?

Depois de um ano desafiador, de retomada da indústria de eventos o nosso setor em 2022 vai encarar o desafio de lidar com as novas variantes do coronavírus e reduzir os impactos da pandemia de Covid-19.

O Portal Eventos neste início de ano está ouvindo líderes da indústria de eventos e faz um balanço de expectativas e perspectivas sobre o que vem pela frente para indústria de eventos e turismo.

PORTAL EVENTOS - Quais as perspectivas de nossa indústria de eventos no biênio 2022/2?

ANTONIO DIAS - Ano de 2022 deve ser ano de recuperação importante para Eventos.

Estamos muito demandados para março e abril de 2022, já com falta de disponibilidade.

Segundo semestre ainda pouco vendido, pois pandemia fez prazo de antecedência ficar muito curto.

TUDO DEPENDE DA OMICRON NÃO AGRAVAR a situação de hospitais e não voltarmos a ter restrições formais em eventos. Nesse caso, será um ano de retrocesso.

O final de 2021 surpreendeu a todos, com a velocidade de retorno dos eventos. Acredito que patamares iguais a antes da Covid, somente em 2023.




_________________________

Antonio Maurício Dias é diretor executivo do grupo Royal Palm Hotels & Resorts.Foi eleito  Personalidade do Ano do Prêmio Caio por doze anos consecutivos, desde 2010, e Grand Prix Prêmio Caio 2015 e 2019.